Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

O que elas realmente querem ?

O que as mulheres querem? Mais do que flores, cruzeiros românticos e cartões de crédito, em uma frase: serem valorizadas e amadas. Assim a Palavra de Deus definiu a principal responsabilidade do marido para com a esposa: Marido, ame a sua esposa, assim como Cristo amou a Igreja e deu a Sua vida por ela. (Efésios 5.25) O amor de Cristo pela a Igreja é usado como padrão a ser seguido. Nosso modelo de amor para com nossa esposa não deve vir de filmes, livros, pais, parentes, ou amigos. Nossa referência é o amor de Jesus por nós. Um amor marcado por entrega de si mesmo, sacrifício, cuidado, e renúncia — não por emoção. Quando o homem se casa, ele se torna responsável por tudo o que acontece com sua mulher, e por cuidar dela. Amar é muito mais uma atitude do que apenas sentir. O verdadeiro amor não é baseado em sentimento, mas no cuidado que o marido deve à esposa pelo compromisso que assumiu com ela. Na prática, a esposa se sente valorizada e amada especialmente quand

Provérbios 1:1-33 Ensine seus filhos

1) Ensine o temor do Senhor (versículo 7) v.7 "O temor do SENHOR é o princípio do saber…”  Com certeza vocês querem ter um filho sábio, esperto, maduro e inteligente. Saiba que toda esta esperteza deve estar alicerçada no respeito e compreensão das coisas de Deus. Para isso: a) Ensine a Bíblia para seu filho b) Ensine-o a orar c) Ensine-o a respeitar as coisas de Deus 2) Ensine o diálogo (versos 8-9) v.8 "Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe…”  Seu filho só vai aprender a ouvir, se vocês, bem cedo, aprenderem a conversar com ele (mas nunca é tarde para começar). Mas o que conversar? Esqueçam a idéia de que vocês devem conversar coisas sérias, profundas e espirituais; conversem sobre tudo: cinema, moda, jogos, namoro, sexo, certo-errado, dinheiro, profissão, Deus, etc… Saiba que: a) O diálogo é fundamental no processo de formação do caráter do seu filho b) O diálogo vai criar aproximação e segurança entre vocês c) O diálog

Reflexão: O Lenhador e o Machado

Essa é a história de Pedro, um ótimo lenhador que chegou a uma serraria procurando emprego. O capataz deu-lhe um dia para que ele mostrasse as suas habilidades. Pedro surpreendeu o capataz, pois era capaz de derrubar dez árvores enquanto o normal era abater duas por dia. O melhor lenhador derrubava quatro. Diante disso, Pedro foi alvo de comentários por parte de todos, pois era o melhor lenhador que se conhecia. Foi um verdadeiro sucesso. Porém, depois de algum tempo, sua produção baixou até que passou a ser o pior de todos os lenhadores. O que estaria acontecendo? O capataz preocupado, procurando saber o que estava havendo, chamou Pedro e disse: - No dia em que você chegou aqui derrubou dez árvores, sem demonstrar cansaço e assim continuou por algum tempo. Mas ultimamente o vejo abatido e esgotado, sua produção foi caindo e você tem derrubado apenas uma árvore por dia. O que houve? - Não sei, respondeu Pedro. Estou trabalhando como nunca trabalhei antes: tenho me esforçado