quinta-feira, 7 de maio de 2009

Finanças no Casamento


Vocês costumam anotar seus gastos?
Tem o hábito tem fazer o orçamento doméstico todo mês?

Então preste atenção, você sabia que um dos fatores que leva o casamento a entrar em conflito é finanças doméstica?

Vamos analisar uma conta simples:

Suponha que vocês tenham uma renda familiar de R$ 500,00 e tenham que pagar R$ 400,00 em despesas imprescindíveis (o que já representa quase toda a renda familiar), fora aqueles outros gastos que vocês fazem; churrasco com os amigos, restaurante no final de semana, cabelereira, manicure, sapataria, aquela amiga que vende lingerie, e outras coisinhas mais, isso deve dar em torno de R$599,99. Agora vocês conseguem ver o problemão? O orçamento acaba de estourar!

O problema é que vocês não conseguem contabilizar e gastam mais do que tem, certo? Começam o mês fazendo contas, prometem que vão se controlar, só que, quando vê, entraram em cheio no cheque especial e sairam com juros exorbitantes no cartão. O pior é que não querem nem saber o tamanho do rombo. É aí que se encontra um dos principais problemas: a falta de conhecimento do seu próprio orçamento familiar.

Agora vamos fazer um exemplo muito simples de controle dos gastos, apenas para vocês entenderem; logicamente, que vocês devem anotar todas as despesas.

1) Salários (Marido+Esposa) = R$ 500,00 - 10% = R$ 450,00

2) Gastos
Aluguel/Prestação= R$ 100,00
IPTU = R$ 20,00
Conta LUZ = R$ 25,00
Conta Água = R$ 20,00
Supermercado = R$ 150,00
Telefone = R$ 20,00
Gás = R$ 10,00
Cartões Crédito = R$ 50,00
Passeio = R$ 30,00
--------------------------------------
Total Gastos R$ 425,00

Salário- Gastos = Sobram R$ 25,00

Que tal economizar?

Se a resposta de vocês foi não! Tudo bem, mas utilizem somente o valor que sobrou, assim não terão que pagar juros no cartão de crédito; no caso de vocês pagarem apenas uma pequena parcela, ou do cheque especial. Os juros estão nas alturas!

Quanto ao supermercado - vejam algumas regrinhas importantes para não gastarem além do que deve:

1- Aprendam a fazer uma lista com tudo o que vocês costuma comprar, assim evitam a compra por impulso.
2- Nunca saiam de casa de barriga vazia, pois alguns produtos costumam ter embalagens amarela e vermelha para estimular o apetite. Eles literalmente conquistam o cliente pelo estômago.
3- Sempre veja as prateleiras inferiores. É lá que os produtos mais baratos costumam ser expostos.
4- Algumas pessoas acham que as promoções são o momento ideal para comprar um item em grande quantidade. Tome muito cuidado com isto! Só compre algo se já está na lista que fizeram.
5- Com o tempo renovem a lista. Veja os produtos que foi adicionando com o tempo e experimente outros de menor preço. Às vezes o resultado é melhor ou igual ao da marca anterior. Também verifique, antes de ir às compras, quais os produtos que estão sobrando da última ida ao supermercado. Assim vocês acabam economizando.

É claro que vocês não podem esquecer um pequeno e importante detalhe, no casamento não existe o meu salário e o salário do meu conjugê, mas a nossa renda familiar. Entenderam?



Um comentário:

Sunshine disse...

Graça e Paz do Senhor Jesus sejam com vocês, irmãos!!!

Realmente, precisamos vigiar e orar incessantemente, porque o mundo nos impele a todos a seguir o mesmo rumo. Mas graças a Deus que, mesmo ficando mau vistos, podemos escolher não comungar das coisas que Deus não aprova. E tudo isso é bíblico. As coisas estão cada vez mais apertadas para os verdadeiros cristãos, só não percebe quem é muito distraído, ou quem não quer mesmo ver. Tudo tem ficado cada vez pior, ou seja, para se viver aqui neste mundo. Mas glória a Deus por termos um Amável Companheiro, o Espírito Santo, que nos ajuda, nos faz companhia, nos dá sabedoria, nos conduz.

Deus abençoe o ministério de vocês, e muito obrigada pela visita ao meu blog!

Em Cristo,

Claudia Sunshine (Claudia Paiva)

http://blogdosultimos.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...