quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Impaciência versus Paciência


O Amor é Paciente

Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. Éfesios 4:2

Se o seu conjugê lhe ofende, você rapidamente revida ou você se controla?
Você reage com raiva quando lhe tratam injustamente?
Se a resposta for sim, você está espalhando veneno ao invés de remédio.

A raiva é causada, na maioria das vezes, quando um forte desejo por algo é combinado com decepção ou tristeza. Você não consegue o que quer, então começa a se irritar por dentro. Muitas vezes ela é a reação emocional que resulta das nossas razões egoístas, tolas e más.

A falta de paciência torna o lar uma zona de guerra, a prática da paciência estimulará a paz e a tranquilidade. "O homem irritável provoca dissensão, mas quem é paciente acalma a discussão" (Provérbios 15:18). Frases como esta do livro de Porvérbios são princípios claros de aplicação eterna. A paciência é o lugar onde o amor encontra sabedoria. E todo casamento precisa desta combinação para permanecer saudável.

A paciência lhe ajuda a dar ao seu conjugê o direito de ser humano. A paciência entende que todos falham. Quando um erro é cometido, a paciência decide dar mais tempo do que ele(a) precisa para corrigi-lo. A pacência lhe capacita a permanecer firme durante os tempos difíceis do seu relacionamento, ao invés de lhe esgotar com as pressões.

Mas o seu conjugê pode contar com um marido ou com uma esposa paciente? Ela pode ter certeza de que se trancar as chaves dentro do carro poderá contar com a sua compreensão ao invés de ouvir um sermão que a fará sentir-se como uma criança? Ele pode se assegurar de que se comemorar os últimos segundos do jogo de futebol não vai ouvir uma lista de sugestões de como poderia usar melhor o seu tempo? Acontece que poucas pessoas são tão difíceis de se conviver quanto uma pessoa impaciente.

Poucos de nós praticam a paciência de forma adequada, e nenhum de nós a pratica naturalmente. Mas o homem e a mulher sábios verão a paciência como um ingrediente essencial no casamento. Esse é um bom ponto de partida para demonstrar o amor verdadeiro.

DESAFIO: Decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo negativo para o seu conjugê. Se a tentação surgir, não diga nada. É melhor segurar a língua do que dizer algo de que possa se arrepender depois.

Retirado do Livro: Desafio de Amar
Stephen & Alex Kendrick



Um comentário:

Alex Malta Raposo disse...

Muito bonito e abençoador o seu blog.

Parabéns e que Deus continue fazendo prosperar esse lindo trabalho.

Se quiser visitar a minha singela e humilde página, o endereço é www.vivendooevangelho.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...