terça-feira, 10 de maio de 2016

Como superar as expectativas. Ou como viver a realidade.






Li um artigo sobre o assunto onde encontrei alguns pontos divergentes sobre a realidade humana. As dicas do autor são as seguintes:

  • Saber reconhecer e procurar melhorar os pontos fracos;
  • Sempre trabalhar com planejamento e prazos combinados previamente;
  • Conhecer as necessidades e expectativas do chefe, cliente, colegas, etc;
  • Saber lidar sob pressão sem prejudicar a própria saúde;
  • Buscar sempre aperfeiçoar os conhecimentos e habilidades;
  • Ter foco para não desviar a atenção na busca pelos melhores resultados;
A teoria é maravilhosa! Você aponta o que deve ser feito e espera que sejam alcançadas, entretanto lidamos com pessoas. Elas possuem histórias de vidas, sentimentos e temperamentos diferentes. Não dá para colocar todo mundo numa forma e padronizar.

O primeiro item fala sobre reconhecer e procurar melhorar os pontos fracos. Vivemos numa sociedade narcisista, onde as pessoas se acham perfeitas, não estão sujeitas a erros ou pontos fracos. Basta ver a quantidade de leis que são criadas para salvaguardar grupos de pessoas, ninguém consegue respeitar os direitos do próximo. Não faz muito tempo, o respeito pelos idosos, professores, autoridades era nato no ser humano, ele aprendia a viver na sociedade respeitando ao próximo dentro do seu lar, em família. Quando um erro era apontado, existia o arrependimento, a vergonha. Logicamente que sempre havia uma porcentagem dessa sociedade que era extraviada, sem lei, sem respeito, mas vivíamos muitíssimo melhor.

O segundo item, trabalhar com planejamento e prazos combinados. Depois da internet, nada consegue ser planejado e combinado, já que as pessoas se adequaram a era digital, ou seja, tudo deve ser imediato, tem que acontecer rápido, ninguém consegue esperar mais numa fila, conversar por muito tempo, quanto mais planejar. A nossa sociedade se tornou imediatista e ao que parece não há volta. Ninguém tem paciência para esperar, ninguém sabe viver sem carro, já que pode chegar o mais rápido nos lugares, mesmo que alguns casos tenha que ultrapassar o limite de velocidade e atropelar  meia dúzia de pessoas.

O terceiro, conhecer as necessidades e expectativas de outrem. Estão achando que as pessoas podem ser deuses. Não dá para superar todas as expectativas de todo mundo ao mesmo tempo. Por que se eu supero as expectativas do chefe, minha família fica em segundo plano, o chefe espera que você trabalhe vinte e quatro horas para ele, logo você não terá tempo para mais ninguém. Em relação ao cliente, bem esse gostou da ideia de ser o rei, então ele acha que você é servo dele, e que tem que realizar todos os desejos dele. Não dá para superar isso. O cliente precisa aprender a respeitar quem oferece serviços, e principalmente saber que o atendimento é feito por outro ser humano igual à ele, ou seja, também com defeitos e pontos fracos.

Quatro ponto, lidar sob pressão sem prejudicar a própria saúde. Impossível! Se eu for fazer uma pesquisa rápida sobre o assunto, com certeza encontraremos um alto percentual de pessoas que estão estressadas devido à pressão que sofrem no dia a dia.

Quinto, aperfeiçoar os conhecimentos e habilidades. Um ponto que concordo, podemos aprender todo dia um pouco mais, o conhecimento enobrece o homem, É claro quando ele tem princípios morais.

Sexto e último ponto, ter foco na obtenção de melhores resultados. Alcançar os objetivos é bom, mas nem sempre vamos obter êxito em tudo que fazemos. Isso deve ficar claro em nossas mentes, porque não dá para ter 100% de foco. Precisamos olhar ao redor de nós, conviver com outras pessoas, conhecer as pessoas com mais profundidade, saber respeitar as dificuldades de cada um. Entender que a vida só se vive uma vez. É a melhor coisa é viver em família, em comunidade, com pessoas para interagir. Porque só somos aperfeiçoados quando convivemos com outras pessoas.

Por isso, é importante compreender que nunca seremos capazes de superar 100% das expectativas das pessoas, é impossível. O apóstolo Paulo diz algo importante sobre isso: “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.” Romanos 7:18-19

RRO - ano 2014

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito interessante o teu texto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...